Home > Cinoterapia

Cinoterapia


 


               Vem ganhando espaço nas terapias alternativas uma nova forma de tratar as relações interpessoais. Trata-se da Terapia Facilitada por Cão - Cinoterapia, uma terapia que utiliza cães no tratamento de doenças mentais, correção de distúrbios comportamentais, para a inclusão social e demais transtornos da relação entre os seres humanos.

               A Cinoterapia surgiu no século XVIII, na Inglaterra e se difundiu pelo mundo pela inovação de seus métodos. No Brasil, nas décadas de 50 e 60, a médica psiquiatra Nise da Silveira utilizou cães e gatos como auxiliares no tratamento de pacientes internos. Ela notou que esquizofrênicos se vinculavam a cães com facilidade. Neste trabalho pioneiro, a médica percebeu por acaso que os cães tornavam-se pontos de apoio seguro a partir do qual o doente podia se organizar psiquicamente. Segundo a Dra. Nise, eles "reúnem qualidades que os fazem muito aptos a tornar-se ponto de referência estável no mundo externo", facilitando a retomada de contato com a realidade. A primeira experiência com Visitas Terapêuticas no Brasil foi realizada em 1997 pela Dra Hannelore Fuchs, Veterinária e Psicóloga do Hospital da Criança de São Paulo. Nestes casos a Cinoterapia era utilizada apenas com a presença do cão no ambiente hospitalar. Não existia uma interação direcionada entre pacientes e cães.

               O projeto desenvolvido por mim que sou Médica Psiquiatra e pela Pedagoga Laiz Beerends propõe uma nova forma de se utilizar a Cinoterapia. Esse projeto ressalta que não basta apenas levar o cão ao ambiente hospitalar ou escolar, é necessário que as crianças possam interagir com o animal durante o setting terapêutico, fortalecendo a sua socialização (melhora do convívio social), elevando sua autoestima, a visão de futuro, a vontade de viver e de interagir com o meio. O contato com o cão, o toque, a troca de carinhos, a brincadeira, tudo isso age estimulando a liberação de substancias que são benéficas para o organismo, como a endorfina, a dopamina, a serotonina e a adrenalina, facilitando a melhora e até a cura de doenças psiquiátricas. 

               Nós aplicamos esta nova forma de CINOTERAPIA em algumas clínicas psiquiátricas e escolas do estado de São Paulo e do Paraná, utilizando os cães das raças SAMOIEDA e TERRA NOVA. Essas raças foram escolhidas por serem extremamente dóceis e inteligentes, por gostarem muito do contato físico com o homem e por apresentarem uma percepção aguçada dos seres humanos com suas limitações e necessidades. Nos tratamentos interativos observados por nós, aproximadamente 100% das crianças submetidas à CINOTERAPIA, apresentaram melhoras no comportamento social. Alguns casos chamam a atenção, como crianças que apresentavam sérios distúrbios psicóticos e agressivos e após a convivência com o cão se tornaram mais tranquilas e sociáveis com as demais crianças.  Outro caso que merece destaque é quando a criança com autismo, distúrbio que a deixa numa realidade paralela, apresenta interação social com o cão e consequentemente com as demais crianças. Fizemos algumas experiências em adultos com Alzheimer, depressão, fibromialgia, hipertensão e transtornos de ansiedade em geral.  Constatamos que após algumas sessões de CINOTERAPIA há uma redução da pressão arterial, da frequência cardíaca, da depressão, da dor e uma consequente diminuição de uso de medicação psicotrópica e analgésica, além de ser um estímulo a pratica de atividades físicas.

               Esse projeto psicopedagógico pode ser visto na íntegra em texto original anexo e tem como objetivo demonstrar que a CINOTERAPIA é uma excelente técnica psicoterapêutica que se utiliza da interação entre o cão e o homem a fim de gerar melhores resultados em sua sociabilização e melhora clínica das doenças mentais.

 


 

Fotos - Cinoterapia
  


 

"Nossos amados bichos de estimação são como vitaminas que nos fortalecem
contra ameaças invisíveis, como cintos de segurança nos protegendo contra os desastres
da vida, como sistema de alarme nos proporcionando um sentimento de segurança, o
poder curativo dos bichos é de fato um poderoso medicamento."


Dr. Martin Becker

 



Tradutor

CanilLesAmis.com.br ®
Direitos Reservados 2011

Usamos Microchip Partners Royal Canin free counters

Desenvolvido por: Argon
Otimização de Sites